Laudo aponta que compactadora de solo provocou tremor no Foro Central de Porto Alegre


O Foro Central de Porto Alegre voltou a operar em regime de plantão após sofrer um tremor na estrutura do edifício, na Rua Márcio L. Veras Vidor, no bairro Praia de Belas, no início da tarde de hoje. Por questões de segurança, foram retiradas cerca de 10 mil pessoas que estavam no prédio. Ninguém ficou ferido. Um laudo da equipe de engenheiros do Tribunal de Justiça (TJ), que foi até o local, aponta que o tremor foi provocado por uma máquina compactadora de solo em uma obra de abertura de via na região. Não há risco de desabamento, conforme os engenheiros. 


A Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) diz que fará a troca da compactadora por uma outra máquina que possui rolo de borracha e provoca menos ruídos. O expediente externo do Foro será normal nesta terça-feira, a partir das 8h.

Construído em 1989, o prédio tem 10 andares e recebe diariamente cerca de 15 mil pessoas.

Ouça na Rádio Gaúcha a reportagem de Felipe Daroit:

Reações:

0 comentários: