Dirigente do Palmeiras declara que Ronaldinho e Assis "deveriam abrir um circo"

Depois de também desistir da contratação de Ronaldinho, o Palmeiras fez duras críticas à condução do processo de negociação por parte de Assis, irmão e empresário do craque.
O vice-presidente do Palmeiras, Salvador Hugo Palaia, candidato à presidência do clube e que nunca aprovou a contratação do meia, ficou satisfeito com a decisão do presidente alviverde, Luiz Gonzaga Belluzzo, de encerrar as negociações. O dirigente ironizou os irmãos Assis Moreira:
- Sempre fui contra à ideia de trazê-lo para o clube. Quando tem de contratar algum jogador, não se deve dar ênfase demais e jamais entrar em um leilão. Não só com ele, mas com qualquer outro jogador. O que eles (irmãos Assis) estão fazendo é uma vergonha. Tinham de tirar o turbante e colocar a coroa da rainha da Inglaterra. O Assis e o Ronaldinho deveriam abrir um circo no Rio Grande do Sul, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro - criticou o dirigente em entrevista ao globoesporte.com.
Flamengo, que segundo o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, estaria 99,99% acertado com Ronaldinho, ainda não procurou Assis, segundo afirmou o irmão de Ronaldinho, em entrevista ao jornalista David Coimbra, em seu blog.

Reações:

0 comentários: